3 de ago de 2015

Divulgada orientações sobre exames médicos para aprovados no concurso da alfabetização


Os professores irão atuar nas classes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental
Saiba Mais
Nessa quarta-feira (29) foi publicado no Diário Oficial do Estado um comunicado da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH), com orientações sobre os exames médicos para os aprovados no concurso da alfabetização que participaram da escolha de vagas.

De acordo com o comunicado, a nomeação dos docentes que escolheram suas vagas será publicada em tempo hábil para a utilização dos exames médicos realizados, dentro do seu prazo de validade, conforme o artigo 52 da Lei nº 10.261/68. As instruções Especiais do concurso, com a relação de exames que deverão ser apresentados pelos candidatos podem ser consultados aqui.
- Confira o comunicado na íntegra
O ato de nomeação, instruções e prazos para a posse dos docentes serão publicados no Diário Oficial do Estado e podem ser acompanhados no Portal da Educação.
Professores da Alfabetização
Os aprovados no concurso realizado no final de 2014, que teve mais de 77 mil inscritos, irão atuar nas classes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da rede estadual. Os professores que atuam nos anos iniciais do Ensino Fundamental na rede estadual paulista têm uma jornada de 30 horas semanais. Os ingressantes receberão um salário-base de R$ 1.811,9

15 de jul de 2015

Recadastramento anual de professores tem novo endereço



O recadastramento anual está em novo endereço. O formulário para a atualização dos dados agora está disponível na página: recadastramentoanual.sp.gov.br.

Além de garantir atualização dos dados cadastrais dos funcionários, o recadastramento anual tem o objetivo de fazer um estudo anual para traçar politicas de valorização e capacitação dos servidores e empregados públicos. Os servidores nascidos em julho já podem efetuar o recadastramento anual. Saiba mais aqui.
O formulário online deve ser preenchido pelos funcionários temporários e efetivos, professores, diretores, agentes de organização, supervisores, entre outros. O servidor que não preencher o formulário durante o mês de aniversário terá seu pagamento bloqueado. Caso isso aconteça, o mesmo deverá comparecer à sua diretoria de ensino para validar os dados e liberar o crédito.

Fonte de anexo: Secretaria da educação

3 de jun de 2015

Alunos da 3ª série do Ensino Médio têm até domingo para se inscrever no Jovem Cidadão

Termina no próximo domingo (31), o prazo para os alunos matriculados na 3ª série do Ensino Médio se inscreverem no programa Jovem Cidadão – Meu Primeiro Trabalho. Para isso, os interessados devem acessar o site para realizar a sua inscrição ou fazer o cadastro ... Leia Mais
Fonte de anexo:http://www.educacao.sp.gov.br/

As inscrições para o curso de espanhol online seguem abertas

Voltado para os alunos do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), o curso online de espanhol, oferecido pela Escola Virtual de Programas Educacionais (EVESP), em parceira com a Universia Brasil, pode te ajudar a aprender um ... Leia Mais
Fonte de anexo: http://www.educacao.sp.gov.br/

29 de mai de 2015

Aprovados em concurso de alfabetização devem escolher escolas para atuar até amanhã



- Confira o edital de convocação 
Siga a Secretaria da Educação no Twitter e noFacebook
Os professores vão atuar em escolas da rede estadual que oferecem classes do 1º ao 5º doEnsino Fundamental. A data, horário e local para o cadastro variam de acordo com a Diretoria de Ensino. Os candidatos devem apresentar documento de identidade oficial com foto e o Cadastro de Pessoas Física (CPF). Também serão exigidos alguns dados para o agendamento da perícia médica.

No início do mês, a Educação convocou outros 6,3 mil docentes. A provas foram realizadas em novembro do ano passado e era destinada a escolas de 13 diretorias incluindo capital, Guarulhos, Carapicuíba, Ribeirão Pires, Campinas, Ribeirão Preto e São José dos Campos. Atualmente, na rede estadual paulista, os educadores dos anos iniciais do Ensino Fundamental mantêm uma jornada de 30 horas mensais e têm direito ao salário base mensal de R$ 1.811,91.

"O concurso para educadores dos anos iniciais dá continuidade ao trabalho da Secretaria de ampliar o número de professores efetivos na rede estadual. Apenas em 2014, foram convocados e direcionados às escolas de Ensino Fundamental e Médio 38 mil candidatos aprovados no maior concurso do magistério paulista. Todos têm direito ao plano de carreira e a mecanismos de evolução funcional estabelecidos nos últimos quarto anos", afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald.
Alfabetizados

Os ingressantes vão reforçar um quadro já animador: em São Paulo, 98,7% dos alunos já sabem ler e escrever aos 7 anos de idade. Um ano a menos que a meta estipulada para o País. De acordo com a última edição do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), 56,4% dos alunos avaliados estão no nível avançado em Língua Portuguesa. Outros 33,9% foram classificados como pleno. Em comparação à prova de 2013, houve melhora em todas as faixas de proficiência.

Fonte de anexo secretaria da educaçlão

4 de mai de 2015

Professores aprovados em concurso de alfabetização são convocados




A Educação irá convocar os primeiros aprovados no concurso de professores de alfabetização, a partir do dia 11 de maio. Ao todo, serão chamados 6.350 docentes que atuarão em classes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da rede estadual. Até o dia 14, eles devem comparecer às diretorias de ensino participantes do certame para a atribuição de aulas.

O edital de convocação foi publicado no dia 1º de maio no Diário Oficial do Estado. A edição traz o cronograma das 13 diretorias de ensino que receberão os novos professores, além do texto que informa os horários para as escolhas de vagas.
- Confira a lista das diretorias de ensino que receberão os novos professores

No total, mais de 77 mil foram inscritos na prova realizada no fim de 2014. Hoje, os professores que atuam nos anos iniciais do Ensino Fundamental na rede estadual paulista têm uma jornada de 30 horas semanais. Os ingressantes receberão um salário-base de R$ 1.565,19.

“Ampliar a atuação efetiva dos professores é um compromisso com os nossos alunos. No ano passado, foram chamados mais de 38 mil professores que atuam nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Com a valorização do magistério, a qualidade do ensino paulista é aprimorada”, afirma o secretário Herman Voorwald.
Para saber mais, acesse a intranet da Educação

28 de abr de 2015

Adquira já para seu filho pequeno em fase de alfabetização: Cadê o capuz da chapeuzinho vermelho? Mais um livro que não vai deixar os contos de fadas morrerem. 

Clique aqui para adquirir


Jovem cidadão

Programa Jovem Cidadão segue com inscrições abertas para alunos


Estudantes da 3ª série do Ensino Médio podem se inscrever até 1º de maio
Saiba Mais
O programa Jovem Cidadão – Meu Primeiro Trabalho segue com oportunidades para os estudantes do Ensino Médio que estão em busca da primeira experiência profissional. As inscrições seguem até o dia 1º de maio para os alunos matriculados na 3ª série do Ensino Médio. Já os estudantes da 2ª série do Ensino Médio podem realizar a inscrição até dezembro.

Para participar, o interessado deve ter idade entre 16 e 21 anos e estar regularmente matriculado no Ensino Médio de qualquer escola estadual dos 39 municípios da região metropolitana de São Paulo.
O objetivo do programa é facilitar a entrada de alunos das escolas estaduais no mercado de trabalho, por meio de estágio remunerado, que tem duração de seis meses. Em 2014, quase 10 mil alunos foram beneficiados pelo programa. Sabia mais aqui.

Interessados em participar do programa devem acessar o site para realizar a sua inscrição ou fazer o cadastro na secretaria da escola onde estudam. Para mais informações sobre o programa, clique aqui.

O programa do Governo do Estado de São Paulo é coordenado e executado pelas secretarias da Educação, Emprego e Relações do Trabalho e da Ciência e Tecnologia.

Fonte de anexo:www.educacao.sp.gov.br

Alunos do Ensino Médio podem fazer curso profissionalizante em administração

Alunos do Ensino Médio podem fazer curso profissionalizante em administração


Com o objetivo de preparar os jovens para o mercado de trabalho, por meio de uma educação profissionalizante de qualidade com orientação ao início de carreira e apoio à conquista do primeiro emprego, o Instituto ProA está oferecendo aos estudantes do Ensino Médio a oportunidade de realizar um curso gratuito de qualificação em administração por meio do Programa Pró-Profissão.

Os candidatos devem efetuar as inscrições por meio do site do ProA. Podem participar, alunos entre 16 a 20 anos que estejam cursando a 3º série do Ensino Médio em escolas públicas. As inscrições deverão ser realizadas até o dia 22 de maio.
No curso, o Instituto ProA oferece bolsa de estudos profissionalizante de administração com seis meses de duração, vale transporte, uniforme e material didático, além de consultoria de RH para o desenvolvimento dos alunos com relação à postura exigida pelo mercado de trabalho.

Fonte de anexo:  http://www.educacao.sp.gov.br/noticias

16 de abr de 2015

Escola de novo modelo de tempo integral

Processo de adesão de escolas ao novo modelo de Tempo Integral termina sexta-feira (17)

As escolas interessadas em aderir ao Novo Modelo de Tempo Integral em 2016 têm até a próxima sexta-feira (17), para efetuarem o cadastro. O processo de adesão é conduzido pelas 91 diretorias de ensino do Estado, feito em parceria com os profissionais e com a c ... Leia Mais

Orientações sobre o reforço escolar

Orientações técnicas sobre o reforço escolar já estão disponíveis para os docentes

Os educadores de português e matemática, supervisores e professores coordenadores dos Núcleos Pedagógicos, com aulas atribuídas no projeto “Aventuras Currículo+”, já estão recebendo as orientações técnicas sobre o projeto. Para ter acesso ao conteúdo, basta o ... Leia Mais

27 de mar de 2015

INDESP por escola

Professores e gestores podem consultar boletins do Idesp por escola


Os educadores e gestores da rede estadual paulista já podem consultar os boletins do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo) por escola. Com base nos resultados, as unidades podem traçar planos e ações para a melhoria da aprendizagem dos estudantes.
 Consulte aqui sua escola.
20150312_idesp01_ok_700


Fonte de anexo: Secretaria de educação

23 de mar de 2015

Leia para seus alunos






Cadastro de escolas que vão oferecer reforço de Português e Matemática começa terça (24)


A partir desta terça-feira (24), a Educação começa a receber o cadastro das escolas que irão oferecer o novo programa de reforço escolar da rede estadual paulista, voltado para alunos do Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio. Com o programa, os estudantes que apresentarem dificuldades em Língua Portuguesa e Matemática terão uma aula a mais das duas disciplinas, duas vezes por semana. Os participantes ainda vão contar com a ajuda de uma ação do Currículo+. Saiba mais.

O cadastramento será acompanhado pelas 91 diretorias de ensino, que também serão responsáveis por organizar os cronogramas de aulas. As aulas começam em abril e a orientação é para que ocorram antes ou depois da grade regular. As turmas serão definidas com base no desempenho que os estudantes apresentarem nas provas bimestrais e na avaliação diagnóstica aplicada em fevereiro pela Educação. A duração do reforço será de 10 semanas.
Os professores que se candidatarem para ministrar as aulas passarão por formação para que lecionem o conteúdo com uma linguagem nova e com o apoio de materiais didáticos “gameficados”.
Além disso, a Educação disponibiliza para todas as escolas a modalidade “intensiva” e “contínua” de recuperação. Todo o processo de ensino tem o apoio das mais de três mil ferramentas tecnológicas disponíveis no programa Currículo+, plataforma colaborativa que contribui para que os professores prepararem aulas mais dinâmicas e atrativas aos jovens, facilitando a compreensão das disciplinas.

Fonte de anexo:  www.educacao.sp.gov.b

16 de mar de 2015

Remoção de professores


Inscrição para docentes dos anos iniciais estarão disponíveis entre 16 e 20 de março no sistema GDAE
Saiba Mais
Começa nesta segunda-feira (16) o prazo para professores da educação básica I - educadores que lecionam entre o 1º e 5º ano do Ensino Fundamental – se inscreverem no concurso de remoção.
Comunicado da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH) publicado no Diário Oficial do Estado, caderno "Executivo I", página 26, no último sábado (14) informa os procedimentos e relação de vagas disponíveis nas escolas da rede estadual de ensino paulista.
- Consulte aqui o comunicado do CGRH
Os educadores interessados poderão se inscrever, até sexta-feira (20), pelo Sistema GDAE. Para servidores que acessarão o sistema pela primeira vez, basta clicar no botão “obter acesso ao sistema” e preencher o cadastro com seus dados pessoais.
Candidatos que farão a inscrição por união de cônjuges devem entregar ao diretor da unidade escolar cópia da certidão de casamento ou escritura pública da declaração de convivência marital expedida por cartório ou tabelião de notas.
Desde 2013, os servidores da rede também podem se inscrever no concurso de remoção apresentando declaração de união estável homoafetiva. O cadastro se enquadra na mesma modalidade de união de cônjuges.
Manual
No sistema GDAE também pode ser consultado o manual para realizar o procedimento de inscrição. Clique aqui, faça o seu login e leia o passo a passo para fazer sua cadastro.
Para saber mais, acesse a intranet da Educação

Fonte de anexo:  http://www.educacao.sp.gov.br

3 de mar de 2015

recadastramento

Nasceu no mês de março faça seu recadastramento Aqui

Jogos escolares faça sua inscrição

Faça sua inscrição 
Jogos escolares aqui

Docentes/ classificação final de concurso para alfabetização no sábado (7)


Os candidatos poderão verificar o resultado final no Diário Oficial do Estado
Saiba Mais
A Educação publica no próximo sábado (7) a classificação final, já com a avaliação dos recursos e de títulos, do concurso para professores de alfabetização com 5.734 vagas.
Os candidatos vão atuar em turmas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da rede paulista. A lista, dividida por região, estará disponível no Diário Oficial do Estado e no Portal da Educação.
As provas foram aplicadas no dia 30 de novembro nas diretorias de ensino da capital e região metropolitana de São Paulo, além de regiões de Campinas, Ribeirão Preto e Vale do Paraíba. Ao todo, foram mais de 77 mil inscritos. O concurso também registrou um número recorde de candidatos do sexo masculino: 3.633 pessoas.
A convocação dos primeiros aprovados em cada região será divulgada ainda neste primeiro semestre. Hoje, um professor de educação básica que atua 30 horas semanais e ministra aulas para os alunos em processo de alfabetização recebe salário mensal de R$ 1.565,19.
Após serem convocados, os professores passarão por formação específica na Escola de Formação e Aperfeiçoamento do Estado de São Paulo "Paulo Renato Costa Souza" (EFAP). A formação será simultânea ao estágio probatório. Antes, estas fases aconteciam em fases distintas e a mudança agiliza o ingresso do docente na sala de aula.

Fonte de anexo:  http://www.educacao.sp.gov.br

2 de mar de 2015

Lista de professores promovidos na prova de mérito

Lista aqui

Promoção: professores promovidos


A lista com o nome dos educadores da rede estadual paulista que foram promovidos pelo programa de Valorização pelo Mértito já pode ser consultada. Os professores, diretores e supervisores de ensino aprovados receberão uma promoção de 10,5% mensal de acordo com ... Leia Mais

12 de fev de 2015

SARESP/ 2014. Resultado

O pagamento, e o resultado em relação ao bônus que  compõem o IDESP – (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo),e as escolas contempladas  ao que se refere o mesmo, esta previsto para os dias finais de março de 2014.

Dia 13/02/14, as escolas já podem consultar os boletins em relação a proficiência dos alunos.



Prof. Eliane Nogueira

11 de fev de 2015

Confira a lista de aprovados na certificação para gerente escolar



Confira a lista de aprovados na certificação para gerente escolar


Os servidores que participaram do processo de certificação para gerentes de organização escolar (GOE) já podem conferir o resultado final da prova a partir dessa quarta-feira (10).


O comunicado da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH) que traz a lista de aprovados foi publicada no Diário Oficial do Estado dessa quarta-feira (11). Além disso, também é possível consultar o resultado individual digitando login e senha de cadastro no site da Fundação Getúlio Vargas.

- Confira aqui o resultado individual na prova
- Acesse o resultado final e relação dos servidores certificados aqui.
Participaram do processo de certificação, os agentes de organização, secretários de escola ou assistentes de administração que atuam nas escolas estaduais. A prova foi realizada em dezembro do ano passado. Os profissionais certificados que se tornarem gerentes de organização escolar receberão mensalmente, além de seu salário, uma gratificação de R$ 1.025,10.
Sobre o cargo
A atuação dos gerentes de organização escolar, que é responsável por ações administrativas e operacionais nas unidades de ensino, permite aos diretores maior dedicação às questões de natureza pedagógica. Os candidatos certificados devem acompanhar orientações de suas diretorias de ensino sobre novas designações para a função.

Fonte de anexo: Secretaria da educação