16/09/2014

Confira as propostas dos candidatos à Presidência para educação:

Aécio Neves (PSDB) defende a universalização da educação básica, dos 4 aos 17 anos, e promete criar incentivos para melhorar a formação, a carreira e a remuneração dos professores. O candidato tucano defende a vinculação das remunerações de professores à melhoria da aprendizagem dos alunos, com salário inicial atrativo e a coordenação de uma política nacional de formação de professores, com instituições formadoras públicas e privadas e secretarias municipais e estaduais de educação. Aécio quer implantar a escola de tempo integral e eliminar progressivamente o ensino noturno para jovens que não trabalham. Ele promete apoiar a modernização dos equipamentos escolares, incluindo a instalação de bibliotecas e laboratórios, computadores e acesso a internet e adequação térmica dos ambientes. Outras propostas do candidato incluem o aprimoramento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e o compromisso de destinar 10% do PIB (Produto Interno Bruto) para a área, sendo 7% ate 2019.
Dilma Rousseff (PT) promete, em um eventual segundo mandato, um governo focado na transformação da qualidade do ensino. Dilma destaca, no programa de governo entregue à Justiça Eleitoral, a decisão de destinar recursos originários da exploração do petróleo, no pré e no pós-sal, para as ações nessa área e disse que o orçamento da educação "teve considerável aumento em doze anos". Segundo ela, a soma dessas duas fontes vai permitir a implantação do PNE (Plano Nacional de Educação). A candidata também destaca a ampliação de creches e a qualificação da rede de educação integral para que atinja até 20% da rede pública até 2018. Dilma ainda garante que vai conceder, até 2018, mais 100 mil bolsas do Ciência sem Fronteiras e fazer uma mudança curricular e na gestão das escolas e criar mecanismos de valorização dos professores.
Eduardo Jorge (PV) se compromete a buscar mais recursos para as políticas públicas de saúde e educação. As duas áreas, segundo ele, terão prioridade no remanejamento dos recursos previstos no orçamento a partir de uma reforma tributária e cortes de gastos. O ambientalista promete criar carreira nacional para professores, começando pelo ensino fundamental, e definir um piso nacional que pode ter adicionais municipais, estaduais ou federal. Eduardo Jorge ainda promete realizar concursos para valorizar profissionais de educação e rever o currículo do ensino fundamental. Segundo ele, além dos conteúdos tradicionais, serão incluídas disciplinas que tratam da formação de valores do trabalho, da solidariedade, do respeito à diversidade, a observação da natureza e a música.
Eymael (PSDC) disse que vai dar prioridade à educação. Entre as promessas estão investimentos para que o ensino fundamental do país se enquadre nas recomendações da Organização das Nações Unidas e a defesa da educação inclusiva. Eymael também promete informatizar as escolas, promover o ensino integral e ampliar a oferta de cursos técnicos e profissionalizantes. Para o candidato, o currículo do ensino fundamental tem que incluir a disciplina Educação Moral e Cívica. A valorização das carreiras de profissionais de educação e o incentivo à municipalização do ensino também estão no programa de Eymael.
Levy Fidelix (PRTB) afirmou que vai implantar a informatização nas escolas, desde a alfabetização ao ensino médio, com internet de banda larga em todos os municípios. Fidelix ainda promete alimentação de qualidade para os alunos e reestruturação de cargos e salários dos professores.
Luciana Genro (PSOL) propôs uma ampliação gradual dos investimentos públicos, "coibindo o repasse para as instituições privadas de modo a universalizar o acesso a todos os níveis de educação de forma gratuita através de instituições públicas". A candidata ainda garante que vai ampliar "radicalmente" os investimentos públicos em saúde e educação.
Marina Silva (PSB) defende uma educação de qualidade, promete refundar a educação pública a partir de critérios de efetiva equidade social e promover mudanças curriculares, de metodologia e de organização e formato das escolas. A ex-senadora afirmou que vai garantir as condições para o combate ao analfabetismo nos próximos anos e avançar na superação do analfabetismo funcional, estabelecendo a meta de reduzi-lo drasticamente em quatro anos. Entre as propostas da candidata ainda estão a transformação do Programa Mais Educação em política de Estado de educação integral para toda a educação básica, investimento na infraestrutura das escolas e na construção de novas unidades e parcerias com as universidades federais para formação contínua dos profissionais que atuam na educação integral. Para Marina, também é preciso incentivar novas metodologias de aprendizagem com uso de tecnologias e garantir que valores como o diálogo, a justiça social, o respeito à diversidade, a democracia, a participação em questões socioambientais e os esportes estejam presentes nos currículos.
Mauro Iasi (PCB) diz que vai priorizar a educação pública, gratuita e de qualidade em todos os níveis. Segundo ele, as recentes decisões políticas sucatearam o sistema educacional. Iasi defende a "desmercantilização" imediata do setor, assim como o de áreas como a saúde, a moradia, os transportes "que devem se tornar imediatamente públicos através de processos de estatização com controle popular".
Pastor Everaldo (PSC) defende uma reforma na educação pautada na descentralização da gestão, mais participação de agentes privados e melhorias das disciplinas matemática e português. O candidato também defende a participação das famílias nas escolas e a expansão do Prouni (Programa Universidade para Todos) para o ensino médio, fundamental e infantil como forma de incentivar a inserção de alunos na rede privada. Segundo ele, isso possibilitará que estudantes carentes possam ter acesso ao mesmo ensino de qualidade dos brasileiro com melhores condições financeiras.
Rui Costa Pimenta (PCO) quer priorizar o ensino público, gratuito, laico e de qualidade para todos, em todos os níveis. O candidato defende a estatização das escolas privadas e o fim da municipalização do ensino. Pimenta quer garantir a autonomia escolar tanto na questão educacional quanto na área política e administrativa e colocar as escolas sob o controle da comunidade. O comunista ainda promete reabrir todas as escolas e salas de aulas fechadas, acabar com a "aprovação automática", reduzir o número de alunos por sala e fixar um piso salarial que atenda às necessidades do professor e de sua família "que hoje não poderia ser de menos de R$ 5 mil".
Zé Maria (PSTU) quer garantir os 10% do PIB para a educação. O candidato lembra em seu programa de governo que as melhorias nessa área estavam entre as principais reivindicações dos brasileiros que se juntaram às manifestações em junho do ano passado. "Lutamos por 10% do PIB para a educação já , e não em dez anos como prevê o Plano Nacional de Educação do governo", destaca

Fonte de anexo:  http://educacao.uol.com.br

Concursos público para professores PEB I

A Secretaria Estadual de Educação vai contratar 5.734 professores para atuarem nos anos iniciais do ensino fundamental. A informação foi publicada neste sábado, 13, em edital e as inscrições serão abertas nesta terça-feira (16) no portal da secretaria. O cadastramento poderá ser feito até o dia 16 de outubro. Estão previstas contratações para a capital, região metropolitana de São Paulo e também para as regiões de Campinas, Ribeirão Preto e Vale do Paraíba.
O processo seletivo será dividido em duas etapas, uma avaliação de títulos e o exame. A taxa é de R$ 44,87. A prova terá 80 questões objetivas e uma dissertativa. As vagas serão disponibilizadas regionalmente. Cada candidato deve indicar pelo menos uma diretoria de ensino onde gostaria de trabalhar.
O concurso é voltado para contratação de professores que atuarão na etapa de alfabetização dos alunos da rede estadual de ensino e estão matriculados do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Os novos docentes receberão capacitação para atuar em programas como Ler e Escrever, para alfabetização, e o EMAI (Ensino de Matemática para Anos Iniciais).

Fonte de anexo Aqui
Quebrando minhas próprias regras já que que esse blog não trata de assuntos pessoais,   hoje estou aqui para indicar um audiolivro sensacional. Parabéns aos que já leram, e, os que ainda não leram, não irão se arrepender. Li o livro em pdf,  mas, a opção do audiolivro é interessante pra quem não gosta muito de ler. Com certeza depois de lerem o livro O vendedor de sonhos de Augusto Cury
 vão querer também comprar ou vender sonho. Professora Eliane Nogueira

Atribuição de aulas 2015

Editado no Diário Oficial do Estado em 6 de setembro de 2014, na página 113, a Portaria CGRH-1, de 5 de setembro de 2014, dispõe sobre as inscrições para o Processo de Atribuição de Classes e Aulas 2014 para o ano letivo de 2015. Acompanhe a publicação:

A Coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos, considerando a necessidade de estabelecer datas, prazos e diretrizes para as inscrições do processo de atribuição de classes e aulas, expede a presente Portaria:

Artigo 1º - As classes e as aulas das escolas da rede estadual de ensino, obedecida à legislação pertinente, serão atribuídas para o ano letivo de 2015 a:
I – docentes efetivos;
II – docentes estáveis pela Constituição Federal de 1988;
III – docentes celetistas;
IV – docentes com vínculo assegurado em lei, a que se refere o § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº1. 010/2007;
V – docentes contratados, nos termos da Lei Complementar nº1. 093/2009.
VI – docentes remanescentes, aprovados no Concurso público de PEB-II/2013, na 1ª e 2ª opção.
Artigo 2º - Os professores da rede estadual de ensino e os contratados em 2014,    deverão efetuar inscrição para o processo de atribuição de classes e aulas de 2015 diretamente no site:
http://drhunet.edunet.sp.gov.br/portalnet/, no período abaixo discriminado, procedendo, a seu critério, às seguintes indicações:

Período de Inscrição e Solicitação de Acerto de 12/09/2014 a 10/10/2014.
I – Docentes efetivos,
a) confirmação e/ou solicitação de acerto na inscrição;
b) indicação para Jornada de Trabalho Docente: manutenção, ampliação ou redução, exceto, para a Jornada Reduzida de Trabalho Docente, nos termos do artigo 4º da Lei Complementar 1.207/2013. A Redução de jornada ficará condicionada ao artigo 16, parágrafo 5º da Resolução SE 75/2013.
c) inscrição para atribuição de classes ou aulas nos termos do artigo 22 da Lei  Complementar 444/85;
d) opção para atuação em classes, turmas ou aulas de Projetos da Pasta.

II - Docentes - Categorias “P”, “N” e “F”,
a) confirmação e/ou solicitação de acerto na inscrição;
b) indicação da carga horária máxima pretendida;
c) transferência de Diretoria de Ensino.

III – DOCENTES CONTRATADOS em 2014, nos termos da LC nº1093/2009, no período acima mencionado.
a) confirmação e solicitação de acerto de inscrição e indicações no site  http://drhunet.edunet.sp.gov.br/portalnet/;
b) carga horária máxima pretendida.
Artigo 3º - Acertos de inscrição como: Dados Pessoais, Formação Curricular e Contagem de tempo, deverão ser solicitados à Unidade Escolar de classificação.
Os docentes deverão apresentar-se na Unidade Escolar/Diretoria de Ensino os documentos comprobatórios para o acerto solicitado.
Artigo 4º - As Diretorias de Ensino/Unidades Escolares deverão, até às 18 horas do dia 24/10/2014 deferir/indeferir a solicitação pendente de acerto.
Artigo 5º - O docente que solicitou acerto até o dia 10/10/2014 deverá confirmar sua inscrição, após atendimento à solicitação, deferido ou indeferido, até 29/10/2014.
Artigo 6º – Docentes remanescentes do Concurso Público PEB-II/2013 participarão do processo de atribuição de classes/aulas, observada a classificação obtida no concurso, na 1ª e 2ª
opção, estando desobrigados de realizar a inscrição.
Artigo 7º - Os docentes abrangidos pelo § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010/2007 e os docentes efetivos poderão optar em se inscrever na modalidade Projetos da Pasta, em funcionalidade específica do sistema.

Parágrafo único: Caberá à Comissão de Atribuição de Classes e Aulas da Diretoria de Ensino, a partir de 11/10/2014, nos termos das legislações que regulamentam os referidos Projetos:
I – publicar o edital para inscrição em projetos;
II - divulgar o período em que os docentes deverão apresentar, quando for o caso, a proposta de trabalho para projetos;
IV – divulgar a classificação dos docentes selecionados.
Artigo 8º - As demais fases e os cronogramas de classificação e de atribuição de classes e aulas para o ano letivo de 2015 serão estabelecidos em Portaria a ser publicada oportunamente.
Artigo 9º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Secom/CPP

Fonte de anexo: Aqui

02/06/2014

Abertas inscrições para prova que define aumento salarial de professores da rede


Os professores da rede estadual paulista já podem se inscrever, a partir das 12h dessa segunda-feira (2), para a avaliação que garante aumento salarial pelo mérito. O prazo de inscrições vai até às 19h do dia 23. Os exames serão aplicados nos municípios-sede das 91 diretorias regionais de ensino no mês de agosto. As datas, locais e horários serão confirmados no edital de convocação.


- Clique aqui para se inscrever 
- Confira o edital e a referência bibliográfica para prova

Fonte de anexo:http://www.educacao.sp.gov.br/

19/05/2014

Começam nesta segunda (12) inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam nesta segunda-feira (12), a partir das 10h, no site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O prazo para o cadastro vai até às 23h59 do dia 23 de maio. A taxa de participação é gratuita para os alunos da rede estadual de ensino que estão concluindo o Ensino Médio
Podem participar da prova estudantes do Ensino Médio e alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As provas acontecem nos dias 8 e 9 de novembro, a partir das 13h. O exame será constituído de uma redação e quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha.
- Acesse aqui o site e faça sua inscrição!
- Confira aqui o edital

Professores da rede estadual de SP receberão novo aumento de 7% a partir de julho


A partir de julho, todos os 400 mil professores e servidores da rede estadual de ensino, ativos e aposentados, receberão um novo aumento de 7%. É o quarto reajuste desde 2011 e faz parte de uma Política Salarial inédita da Secretaria para os funcionários da re ... Leia Mais

Inscrições para promoção salarial de professores da rede começa em junho


CategOs professores da rede estadual paulista poderão se inscrever a partir do dia 2 de junho na avaliação que garante aumento salarial pelo mérito. O prazo de inscrições vai até o dia 16. Os exames serão aplicados nos municípios-sede das 91 diretorias regionais de ensino nos dias 24 e 31 de agosto. Desde 2010, o Programa de Valorização pelo Mérito já promoveu 100 mil docentes de todo o Estado.
A política salarial inédita implantada pela Secretaria da Educação permite que os educadores evoluam na carreira a partir de oito níveis de progressão salarial com intervalos de três anos e aumentos de 10,5% sobre o salário. As avaliações são destinadas a professores, diretores de escola, assistente de diretor, supervisores de ensino e coordenadores pedagógicos efetivos ou estáveis.
Poderão participar do processo os integrantes do quadro do magistério enquadrados na faixa 1 e 3 que, de acordo com o desempenho na prova, poderão evoluir para outros níveis salariais. Os candidatos devem ter cumprido o intervalo mínimo de três anos no exercício do cargo ou da função, atuar em uma mesma unidade de ensino ou administrativa há pelo menos 876 dias e somar, no mínimo, 1.728 pontos de assiduidade.

Desde o ano passado, o Programa foi ampliado também para professores enquadrados na faixa 3 da escala de vencimentos. Antes, a oportunidade contemplava apenas os funcionários da faixa 1 do quadro de salários.

Fonte de anexo Secretaria da educação.http://www.educacao.sp.gov.br/

17/04/2014

Alunos ganham nova oportunidade para matrículas em cursos técnicos do Via Rápida


O programa “Via Rápida – Educação Integral” está com um novo prazo para as inscrições de seus cursos profissionalizantes. O novo período de cadastro segue até o dia 22 de abril. Em todo o Estado, serão oferecidas 20 mil vagas.
- Faça aqui sua inscrição
Para se inscrever, o estudante deve possuir CPF e criar um nome de usuário e senha no sistema do Via Rápida. Após preencher os dados requeridos, como idade, endereço e número de contato, entre outros, é preciso selecionar o nível de graduação "Ensino Médio" e, em seguida, selecionar "cursando". Com isso, irão aparecer as opções de cursos disponíveis. Após selecionar o curso desejado, o aluno receberá confirmação do cadastro e começará a receber as oportunidades. A previsão é de que as aulas comecem no ainda esse mês.
O projeto é atrelado ao Programa Via Rápida Emprego, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, e oferece 13 opções de formação diferentes em áreas como "Cuidando de Idosos", "Agentes de Turismo", "Gestor de Projetos Sociais" e "Organizador de Eventos". As aulas com o foco no mercado de trabalho estão com inscrições abertas para alunos da 3ª série do Ensino Médio e acontecerão depois da grade regular de ensino, o que amplia a jornada dos estudantes na rede estadual.
No total, as vagas foram distribuídas em 330 escolas estaduais, de 135 municípios diferentes, sendo 8.500 oportunidades na capital e Grande São Paulo e outras 11.500 no interior. As unidades foram selecionadas por terem estrutura que comporte ao menos duas turmas extras - de 30 alunos em cada sala - disponíveis para o "Via Rápida".
Após a conclusão dos cursos, todos os participantes recebem certificados de qualificação profissional e podem ser encaminhados a programas remunerados de estágios.
Alunos mais tempo na escola
Além do "Via Rápida - Educação Integral", os diversos programas que ampliam a permanência dos alunos nas escolas da rede estadual somam em média de 250 mil alunos já contemplados.  Uma destas ações é o Novo Modelo de Ensino Integral, presente hoje em 182 escolas e com 55 mil estudantes de Ensino Fundamental II e Médio atendidos.
O número atual é 11 vezes maior comparado aos 5 mil alunos participantes no início do programa em 2012. Estas unidades oferecem estrutura com laboratórios, disciplinas eletivas e gratificação de 75% sobre o salário-base dos profissionais atuantes por causa da dedicação exclusiva.
Outro exemplo de jornada estendida é oferecida pelo Vence, programa que desde a criação já têm 65 mil matriculados. Nele, o estudante da rede acessa o Ensino Médio e, no horário oposto, cursos técnicos variados fornecidos por instituições conveniadas. Há ainda os 229 Centros de Estudos de Línguas (CELs) em que o aluno pode cursar até 7 idiomas diferentes: inglês, espanhol, alemão, italiano, japonês, mandarim, francês. No ano passado, os centros chegaram a 68 mil participantes.

Fonte de anexo: secretaria da educação

Olimpíada de Língua Portuguesa recebe inscrições até 30 de abril. Participe!



É aluno da rede estadual? Gosta de escrever? Então, você não pode perder a oportunidade de participar da Olimpíada de Língua Portuguesa. As inscrições estão abertas até 30 de abril.
O tema da edição de 2014 é “O lugar onde vivo”, para cada série há uma categoria de texto.
Estudantes do 5º e 6º ano do Ensino Fundamental, estão na modalidade de poemas; 7º e 8º ano, memórias literárias; 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio, produzirão crônicas; e os competidores da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio devem escrever artigos de opinião.
A inscrição é gratuita e deve ser feita pelos educadores de Língua Portuguesa que lecionem em uma das séries indicadas nas categorias. Não há número limitado de inscritos por escola ou categorias que um professor poderá se inscrever.
- Professor, inscreva aqui seus alunos
No site da competição, os educadores podem consultar materiais de apoio. A orientação é para que os professores auxiliem os alunos no processo de produção textual. 
Olimpíada de Língua Portuguesa
A Olimpíada de Língua Portuguesa é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec — Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. Conheça aqui o regulamento e participe!

 Fonte de anexo: Secretaria da educação

Vestibulando: conheça ferramentas da Educação para os estudos preparatórios


Conteúdos digitais dão suporte aos alunos da rede que buscam uma vaga no Ensino Superior
 
  
Os estudantes da 3° série do Ensino Médio já estão em ritmo acelerado para os processos seletivos, ENEM e vestibulares das universidades do Estado. Para complementar o conteúdo visto na sala de aula, a Educação desenvolveu uma plataforma online para que os alunos tenham uma fonte extra de estudo.
Cursinho da Educação
A plataforma foi desenvolvida pela EVESP (Escola Virtual de Programas Educacionais), órgão da Educação, especialmente para os alunos que estão se preparando para o vestibular. Para acessá-la não é preciso fazer matrícula, basta informar seu número de Registro do Aluno (R.A) e fazer o cadastro no cursinho. Confira o vídeo explicativo sobre a navegação.
O conteúdo do cursinho online é interativo e oferece simulados baseados em questões e temáticas que caíram nos principais vestibulares realizados nos últimos 10 anos, como USP, Unicamp e Unesp. Além disso, a Educação também disponibiliza na mesma plataforma um simulado preparatório para o Enem.
EducaSP em 1 minuto
Outro projeto disponível para os alunos vestibulandos por meio da internet é o EducaSP em 1 minuto, uma série de vídeos com professores da rede com muitas dicas para enfrentar as questões de diversas disciplinas.
Além das dicas, os professores tiram as principais dúvidas de Língua Portuguesa, Biologia, Física, História e Química que podem ser conferidas na íntegra no canal da Secretaria da Educação no Youtube.

Fonte de anexo: Secretaria da educação

17/03/2014


Prazo para cadastro de instituições no Vence termina nesta segunda-feira (17)

As instituições de ensino técnico interessadas em serem conveniadas ao Vence, programa que oferece 'dupla formação' - ensino médio e formação técnica - aos estudantes da rede estadual devem se cadastrar até esta segunda-feira (17). - Acesse aqui o edital de c ... Leia M

Jovens e adultos já podem se inscrever no Encceja a partir desta segunda-feira (17)

Os jovens e adultos que buscam concluir o Ensino Fundamental já podem se inscrever no Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) a partir das 10h desta segunda-feira (17). - Faça aqui sua inscrição Siga a Secretaria da Edu ... Leia Mais

Escola da Família organiza palestra e atividades sobre HPV neste fim de semana

A Educação abriu as portas das escolas estaduais com meta de vacinar 500 mil meninas entre 11 e 13 anos contra o papiloma vírus humano (HPV). Na rede estadual paulista estão matriculadas 65% do público-alvo estipulado pela campanha. O trabalho de vacinação est ... Leia Mais

Pais, entendam por que é importante vacinar suas filhas contra o vírus HPV

Começou nesta semana a campanha de vacinação contra o vírus causador do câncer de colo do útero, HPV (papiloma vírus humano). A vacina será oferecida para meninas de 11 a 13 anos, até o dia 10 de abril. Para garantir proteção, a imunização ocorre em três doses ... Leia Mais

10/03/2014

Já se inscreveu no curso Espanhol Online? Cadastro vai até o próximo sábado (8)


Os alunos da rede estadual interessados em cursar as aulas do Espanhol Online podem se inscrever até sábado (8). No total, são 12,5 mil vagas disponíveis. Podem participar do curso gratuito estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da ... Leia Mais

10/02/2014

Começam nesta segunda (10) inscrições de concurso para analistas de tecnologia


São 400 vagas disponíveis para atuar na área de obras ou de tecnologia de informação
Saiba Mais
Os profissionais interessados em atuar como analista de tecnologia nas 91 Diretorias de Ensino e nos órgãos centrais da Secretaria da Educação podem se inscrever, a partir desta sexta-feira (10), em concurso da Educação.
- Clique aqui para se inscrever
Ao todo são 400 postos, sendo 200 para a área de obras e 200 para a área de tecnologia de informação. As inscrições vão até o dia 10 de março e a prova acontece no dia 13 de abril. O exame será composto por 80 questões de múltipla escolha, 40 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, além de uma questão dissertativa.
- Consulte o edital publicado no Diário Oficial
Funções
São funções dos analistas de tecnologia o desenvolvimento de atividades especializadas em informatização dos processos administrativos e em infraestrutura. A atuação deles é focada nos núcleos de informática e de edificação, departamento de extrema importância para a execução das obras, por exemplo. O salário inicial é de R$ 2.169 por 40 horas semanais e o profissional precisa ter diploma de graduação de nível superior na área de Informática, Tecnologia da Informação ou nas áreas de Edificação e Construção Civil.

"Fortalecer o nosso quadro técnico de funcionários é de extrema importância para as escolas. O trabalho deles permite a atuação específica em determinados assuntos mais burocráticos, permitindo que os profissionais pedagógicos estejam ainda mais focados nas questões referentes ao aprendizado dos alunos", afirma o secretário da Educação, Professor Herman Voorwald.
Para saber mais, acesse a intranet da Educação

Fonte de anexo: Secretaria da educação

04/02/2014

Abertas as inscrições do processo seletivo para estagiários do Acessa Escola em 2014


A Educação abre inscrições para o processo seletivo do Acessa Escola, programa pioneiro que oferece ferramentas digitais de aprendizagem nas escolas estaduais. São ofertadas 11 mil bolsas para que os alunos atuem como estagiários nas salas de informática. As i ... Leia Mais

Estudantes podem se inscrever no Bolsa Universidade a partir desta terça (4)


As inscrições para o programa Bolsa Universidade estão abertas. Os jovens universitários interessados em atuar como educadores, aos finais de semana, em escolas que fazem parte do programa Escola da Família podem se inscrever até dia 14 de fevereiro. A partici ... Leia Mais

Estudantes podem se inscrever no Bolsa Universidade a partir desta terça (4)


As inscrições para o programa Bolsa Universidade estão abertas. Os jovens universitários interessados em atuar como educadores, aos finais de semana, em escolas que fazem parte do programa Escola da Família podem se inscrever até dia 14 de fevereiro. A partici ... Leia Mais

03/02/2014

Educação anuncia concurso para 400 cargos com salário inicial de R$ 2,1 mil

Vagas são para atuar como analista de tecnologia na área de obras ou de tecnologia de informação
Saiba Mais
Estarão abertas as inscrições, a partir do dia 10 de fevereiro, para profissionais interessados em atuar como analista de tecnologia nas 91 diretorias regionais de ensino e nos órgãos centrais da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. O edital do concurso foi publicado na página 142 do caderno Executivo I do Diário Oficial deste sábado (1).

- Consulte o edital publicado no Diário Oficial
Ao todo são 400 postos, sendo 200 para a área de obras e 200 para a área de tecnologia de informação. As inscrições vão até o dia 10 de março e poderão ser efetuadas aqui no Portal da Educação, a partir do dia 10 de fevereiro.
Funções
São funções dos analistas de tecnologia o desenvolvimento de atividades especializadas em informatização dos processos administrativos e em infraestrutura. A atuação deles é focada nos núcleos de informática e de edificação, departamento de extrema importância para a execução das obras, por exemplo. O salário inicial é de R$ 2.169 por 40 horas semanais e o profissional precisa ter diploma de graduação de nível superior na área de Informática, Tecnologia da Informação ou nas áreas de Edificação e Construção Civil.

fonte de anexo: http://www.educacao.sp.gov.br

20/01/2014

Recadastramento pode ser feito pela internet por servidores nascidos em janeiro

Os servidores que comemoram aniversário em janeiro já podem realizar o recadastramento anual de seus dados. O preenchimento do formulário pode ser feito online, por meio de uma página oferecida pela Secretaria de Gestão Pública. - Clique aqui para fazer seu r ... Leia Mais

Começa nesta segunda-feira (20) a atribuição de aulas para professores da rede estadual

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo inicia nesta segunda-feira (20), o processo simplificado de atribuição de aulas para os mais de 230 mil professores da rede estadual de ensino. A partir deste ano, a composição de carga horária de trabalho dos do ... Leia Mais

16/01/2014

Professor, confira datas e locais para definir sua jornada na rede estadual em 2014


Entre os dias 20 e 24 de janeiro, ocorre o processo de atribuição de aulas na rede estadual, e o cronograma para definir a jornada dos professores já pode ser consultado. Para este ano, o processo que define a carga horária de trabalho dos docentes será simpli ... Leia Mais

11/01/2014

Novas noticias

Consulte agora a classificação do concurso para novos professores da Educação paulista

Os docentes que participaram do maior concurso da história do magistério paulista já podem consultar a classificação, divulgada nesta sexta-feira (10) pela Fundação Getúlio Vargas, empresa responsável pela realização do certame. O resultado é feito com base no ... Leia Mais

Classificação do concurso para professores da Educação será divulgada nesta sexta (10)

Será publicada nesta sexta-feira (10) a classificação dos docentes no maior concurso da história do magistério paulista. O resultado é feito com base no desempenho por disciplina e por região da inscrição. A consulta é individual e para ter acesso é preciso in ... Leia Mais
Recadastramento para servidores nascidos em janeiro já pode ser feito pela internet
Os servidores que comemoram aniversário nesse mês de janeiro já podem realizar o recadastramento anual de seus dados. O preenchimento do formulário pode ser feito online, por meio de uma página oferecida pela Secretaria de Gestão Pública. - Clique aqui para f ... Leia Mais

Vestibulandos da Unicamp realizam prova da segunda fase a partir deste domingo (12)

Os exames da segunda etapa de provas do vestibular da Universidade de Campinas (Unicamp) acontecem de 12 a 14 de janeiro. A prova terá início às 13 horas, mas os candidatos são orientados a chegar com pelo menos uma hora de antecedência. O exame, com duração d ... Leia Mais
 

Consulte cronograma de atribuição de aulas e saiba datas e locais para definição de jornada

O cronograma da atribuição de aulas, que acontecerá entre os dias 20 e 24 de janeiro, já pode ser consultado. Para este ano, o processo que define a carga horária de trabalho dos docentes será simplificado. Com a mudança, o professor efetivo e estável vai defi ... Leia Mais 

Fonte de anexo: Secretaria da educação.

20/12/2013

Divulgado cronograma da atribuição de aulas. Saiba datas e locais para definição da jornada


Professores efetivos, estáveis e temporários participam do processo, que será de 20 a 24 de janeiro
Saiba Mais
Atenção, professores! O cronograma da atribuição de aulas, que acontecerá entre os dias 20 e 24 de janeiro, já pode ser consultado. Nas orientações, publicadas no Diário Oficial do Estado, os educadores podem conferir em quais dias e horários deverão comparecer em suas escolas ou diretorias de ensino para definir as aulas que lecionarão em 2014.

- Acesse aqui a portaria na íntegra

Para o próximo ano, o processo que define a carga horária de trabalho dos docentes será simplificado. Com a mudança, o professor efetivo e estável vai definir toda a jornada em um único dia e na mesma escola de atuação. Antes o profissional precisava de três datas para atribuir, ampliar e suplementar a jornada de trabalho.


Cronograma

No dia 20 de janeiro, os educadores efetivos deverão definir as aulas que lecionarão no ano letivo de 2014. Para isso, os professores devem comparecer à unidade em que atuam. No mesmo dia e ainda na unidade escolar, os docentes poderão ampliar e suplementar sua jornada de trabalho.
No dia 21, os educadores efetivos que não foram atendidos ou foram parcialmente atendidos na unidade escolar devem comparecer na diretoria de ensino.
No dia 22, serão atendidos os candidatos inscritos no artigo 22, ou seja, aqueles que se cadastraram para atuar, somente no ano letivo de 2014, em outra unidade de ensino. O atendimento para esses professores será realizado nas diretorias de ensino, na parte da manhã.
Já no dia 23, é o momento de atribuição de aulas dos docentes estáveis, aqueles que conquistaram, ao longo do tempo, direitos semelhantes aos concedidos aos professores efetivos da rede. Na parte da manhã, esses educadores definirão as aulas que lecionarão em 2014 na unidade escolar em que atuam. No período da tarde, aqueles que pretendem completar ou ampliar sua carga horária devem se dirigir às diretorias de ensino.
No último dia do processo, 24 de janeiro, os educadores temporários que participaram do processo seletivo simplificado participam da atribuição de aulas, nas diretorias de ensino onde pretendem atuar. Nesse mesmo dia, os docentes efetivos e estáveis que se inscreveram para acumular como temporários também participam.
Novidades
Esse ano, pela primeira vez, os 36 mil professores efetivos e estáveis que fizeram o processo seletivo também vão poder acumular como temporários. Com o acúmulo, a carga horária dos docentes poderá ser ampliada em até 65 horas semanais.

Além de representar um ganho salarial de cerca de R$ 1.400 ao mês em caso de professores com jornada de 40 horas, a medida permitirá ainda que o professor efetivo substitua outro professor, afastado por licença médica por exemplo, em horário distinto de sua jornada.

Fonte de anexo:  http://www.educacao.sp.gov.br